CIRURGIA BARIÁTRICA – 10 Principais Dúvidas

CIRURGIA BARIÁTRICA - 10 Principais Dúvidas

1) Quantos tipos de cirurgia bariátrica existem?

Existem pelo menos 6 técnicas para se realizar a cirurgia bariátrica, atualmente duas são as mais utilizadas: O Sleeve (ou gastrectomia vertical) e o Bypass.

Sleeve consiste na remoção de 2 terços do estômago, região onde são produzidos hormônios e que ao ser retirada atua diretamente no emagrecimento.

Bypass por sua vez, consiste na diminuição do estômago associado com uma diminuição também do intestino delgado, causando assim uma diminuição na absorção dos alimentos e promovendo o emagrecimento.

Vamos para as dúvidas mais frequentes…

2)  Como é realizada a cirurgia?

Atualmente a cirurgia bariátrica é realizada por videolaparoscopia, em que não há corte no abdome. São realizadas pequenas incisões puntiformes e através delas são introduzidas uma câmera de vídeo e as pinças do cirurgião. Dessa forma a recuperação do paciente é muito mais rápida e quase indolor.

3) Qual o tipo de anestesia que deve ser realizada para a cirurgia?

A Anestesia para a cirurgia bariátrica deve ser Geral, assim como qualquer cirurgia por vídeo. Cirurgias por videolaparoscopia necessitam que o abdome do paciente seja insuflado com CO² (Gás Carbônico) e por isso a anestesia geral é fundamental para uma cirurgia segura.

4) Quanto tempo o paciente operado fica internado?

Normalmente o paciente submetido à cirurgia bariátrica permanece uma noite (dois dias) internado, recebendo alta no dia seguinte da cirurgia.

A CIRURGIA BARIÁTRICA É PERIGOSA? SAIBA MAIS

Fundamental, vamos falar da dieta…

5) Por quanto tempo o paciente operado deve ficar com dieta líquida?

Os primeiros 30 dias após a cirurgia serão de dieta líquida, que passará para dieta pastosa e só então para alimentos sólidos. A progressão alimentar completa demora cerca de 3 meses e deve ser acompanhada por um nutricionista. O objetivo da cirurgia bariátrica é dar ao paciente condições de ingerir todos os tipos de alimento em uma quantidade menor, sem sentir fome ou necessidade de porções maiores.

CUIDADOS NUTRICIONAIS NO PRÉ E PÓS BARIÁTRICO

6) Qual a melhor cirurgia para mim?

A definição da técnica cirúrgica é individualizada entre o médico e o paciente, sempre levando em consideração os exames diagnósticos e o perfil do paciente. Durante a primeira consulta o cirurgião fará perguntas para entender o perfil alimentar do paciente, assim como principais doenças associadas à obesidade. Após os exames pré-operatórios o médico poderá avaliar se existe contra indicação para um ou outro procedimento e dessa forma poderá indicar a melhora técnica a ser realizada.

Não deixe de saber sobre o acompanhamento após a cirurgia…

7) Por quanto tempo deve ser o acompanhamento do paciente com a equipe?

Para sempre! O acompanhamento da equipe multidisciplinar (Médico, nutricionista e psicólogo) deverá ser eterno, garantindo assim, o sucesso do emagrecimento saudável a longo prazo. Inicialmente as consultas com os profissionais serão mais frequentes e isso diminuirá com o passar dos anos, até se tornar uma consulta anual, em que o profissional terá condições de avaliar o progresso da cirurgia e eventualmente corrigir pequenos desvios que poderiam levar o paciente à reengorda.

8) Todo paciente submetido à cirurgia deve tomar vitaminas?

Sim, por ter uma dieta restrita, a suplementação vitamínica é fundamental para o emagrecimento saudável. Exames de rotina devem ser realizados de forma periódica para avaliar o nível das vitaminas no sangue do paciente, proporcionando um controle adequado e evitando as complicações da falta das mesmas.

A BARIÁTRICA EM CÁPSULA FUNCIONA?

E a respeito da recuperação, quanto tempo leva? Entenda abaixo…

9) Após quantos dias da cirurgia o paciente pode retornar às atividades?

No mesmo dia da cirurgia o paciente já pode e deve caminhar. Após 5 dias, o paciente já pode dirigir e realizar pequenos esforços. Após 20 dias o paciente já pode realizar esforços maiores e deverá iniciar atividades físicas! As atividades físicas a partir do 20º dia após a cirurgia são extremamente importantes para que o paciente mantenha a massa  muscular (perdendo apenas a gordura) e para estimular a produção de colágeno, o que diminuiria o excesso de pele.

E aquela pele, o que fazer…

10) O que fazer com a pele flácida após o emagrecimento?

Após a estabilização do peso magro (que se dá em torno do segundo ano após a cirurgia) o paciente pode ser submetido à cirurgia plástica para remoção do excesso de pele, desde que o cirurgião bariátrico libere o paciente. Muitos convênios cobrem a remoção de pele excessiva após o emagrecimento, uma vez que mais do que uma cirurgia estética, é também uma cirurgia higiênica.


Dr. Ricardo Naegele Staffa

Médico graduado pela Faculdade de Medicina de Mogi das Cruzes, com Residência Médica em Cirurgia Geral na Faculdade de Medicina de Taubaté-SP. Título de Especialista e membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva e médico cirurgião do Serviço do Hospital Geral de Guarulhos-SP. Preceptor dos residentes de Cirurgia Geral da Faculdade de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e do internato de emergência cirúrgica da Universidade Anhembi Morumbi.

Toda semana Dicas Especiais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhaatApp
Enviar via WhastApp